Convidadas:

Sonia Guimarães - Professora e pesquisadora no ITA / IEA.
Edna Gomes da Silva - Assessora de Políticas Públicas de Promoção da Igualdade Racial.
Quando perguntado sobre quais antídotos contra o racismo podemos adotar cotidianamente, o Prof. Dr. de História da USP, Carlos Eduardo Días Machado responde sem meias palavras: “É necessário admitir a vantagem e o prestígio de ser branco no Brasil, que os brancos aprendem a ser racistas por construção social e têm privilégios simbólicos e materiais na exploração do negro e do índio. A dor do negro e do índio não é vitimismo. O racismo fere, desequilibra e mata.” Autor de Gênios da Humanidade – Ciência, Tecnologia e Inovação  Africana e Afrodescendente. Foi em seu livro que nos deparamos  com a história da primeira mulher brasileira e negra a fazer mestrado e doutorado em ciências, e não demorou muito para descobrirmos que ela não estava longe, e sim lecionado em São José dos Campos no ITA.

O Fora da Caixa conversa com duas mulheres de São José dos Campos e que além de suas profissionais, atuam na sociedade de forma consciente pela equidade racial e contra o racismo. 

Sonia Guimarães

É PhD em Física da Matéria Condensada, pela The University of Manchester Institute of Science and Technology, Inglaterra.  Primeira Afro-Brasileira a obter PhD em Física no exterior, segundo o blog Black Women of Brazil. Mestre em Física Aplicada pela USP – Instituto de Física e Química de São Carlos, Licenciada em Física, pela UFSCAR.  Conselheira Fundadora da ONG Afrobras, mantenedora da Universidade Zumbi dos Palmares, que tem 90% de seus alunos negros e é a única da América Latina.  Voluntária na ONG Integra São José dos Campos, como professora de inglês, sendo que uma de suas alunas (negra) passou no exame TOEFL e ganhou uma bolsa do CAPES - Ciência Sem Fronteira para estudar na Virginia University, nos EUA.
É conselheira do Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social da Presidência da República.  Conselheira do Conselho Municipal de Promoção da Igualdade Racial de SJC e colaboradora da Fundação Carlos Chagas. 

 

Edna Gomes Silva

6ª filha de uma família composta por 10 irmãos, é natural de São Paulo, reside em São José dos Campos desde a adolescência. É assistente social, formada na UNIVAP, especialista em Gestão de Políticas Públicas e Gerenciamento de Projetos Sociais. Funcionária Pública Municipal iniciou suas atividades profissionais na Prefeitura de SJC aos 19 anos como agente de saúde. Como servidora municipal desenvolveu diversas atividades profissionais nas seguintes secretarias: Saúde, Juventude e Promoção da Cidadania. Foi Conselheira Tutelar do município. Atualmente exerce a função de Assessora de Políticas Públicas de Promoção da Igualdade Racial na Secretaria de Apoio Social ao Cidadão. Representa a Prefeitura nos Conselhos Municipais: Direitos da Criança e do Adolescente, Mulher e Igualdade Racial. Também presta serviços à Justiça Federal, como perita. Neste trabalho tem a oportunidade de realizar visita domiciliar e apresentar um estudo social de muitas famílias que recorrem à justiça para ter garantido direitos assistenciais e previdenciários. 

 
Data: 23/11 – Quinta-feira 
Horário: 19h00
Local: Sala de Leitura Réginaldo Poeta
 
Entrada Franca  


Endereço:
Rua Prudente M Moraes, 302
Vila Adyana São José dos Campos
Cep: 12243-750
Ver Mapa
Telefone:
(12) 3911-7090

E-mail:
contato@pqvicentinaaranha.org.br

Horário de Funcionamneto:
das 05h às 22h

Redes Sociais: