O Projeto Ciência no Parque recebe a exposição itinerante Plataforma Zebrafish: a construção de uma rede. Realizada pela Plataforma Zebrafish do Centro de Toxinas, Resposta-Imune e Sinalização Celular (CeTICS), a exposição conta com desenhos, fotografias, projeto gráfico e comunicação visual integram a mostra, que retrata formas de uso do também conhecido como “peixe paulistinha” como modelo de pesquisa, além de curiosidades sobre o animal, como a explicação de suas cores e tamanhos. 

O Instituto Butantan é referência no manejo e criação do peixe e tem um criadouro com capacidade para 6 mil peixes adultos. Ele pode ser utilizado em pesquisas científicas em diferentes áreas, como virologia, toxicologia, psicologia, regeneração de tecidos, tumores, manipulação genética e agentes terapêuticos. Por ser um animal de pequeno porte e com alta taxa reprodutiva, similar à dos mamíferos, o zebrafish pode substituir ou complementar os estudos nesses animais. 
A exposição itinerante, coordenada por Mônica Lopes-Ferreira, percorrerá 21 instituições brasileiras, componentes da Rede Zebrafish. A UNIFESP e o Parque Vicentina Aranha serão os locais onde a mostra poderá ser vista pelo público joseense a partir de 16 de outubro, iniciando pela UNIFESP no Parque Tecnológico.
 
Aberto ao público
Data: 29/10 e 05/11 | Domingos
Horário: das 10h às 12h
 
Visitas Monitoradas para escolas com agendamento prévio pelo telefone (12) 3911-7090.
Data: 31/10 e 01/11 – Terça e Quarta-feira
Horário: das 14h às 17h
Local: Pavilhão São José 
 
Entrada Franca  

Endereço:
Rua Prudente M Moraes, 302
Vila Adyana São José dos Campos
Cep: 12243-750
Ver Mapa
Telefone:
(12) 3911-7090

E-mail:
contato@pqvicentinaaranha.org.br

Horário de Funcionamneto:
das 05h às 22h

Redes Sociais: