Falar da fragilidade é falar da ocultação da fragilidade e encobri-la, é geralmente impedir que se converta em potência de novas formas de vida. No mar, a zona intermaré é aquela que está coberta de água durante a maré alta e descoberta durante a maré morta. Esse movimento alternante de submersão e exposição ao sol nos parece sugerir a necessidade constante da vida frágil em depor couraças, camada após camada, ainda que o cerne da angústia permaneça oculto, por mais que busquemos lhe arrancar a casca, ainda que as raízes do rancor permaneçam enterradas, por mais que cavemos e cavemos.

Apresentações: 02, 03, 16 e 17/03 | Sextas e sábados

Horário: 20h
Local: Atrium do Pavilhão São José

Ingressos: retirada de ingressos no local, com 1h de antecedência.
Entrada franca, com lugares limitados.

Classificação indicativa: 16 anos

Endereço:
Rua Prudente M Moraes, 302
Vila Adyana São José dos Campos
Cep: 12243-750
Ver Mapa
Telefone:
(12) 3911-7090

E-mail:
contato@pqvicentinaaranha.org.br

Horário de Funcionamneto:
das 05h às 22h

Redes Sociais: