Branco sai, preto fica é uma frase pronunciada por um policial durante a invasão de um baile popular nos anos 1980. O drama, que mistura elementos de documentário, musical e ficçao, é uma obra instigante que reafirma Adirley Queirós como uma importante voz do cinema marginal brasileiro. Em 2015, foi premiado como Melhor Filme no 47º Festival de Brasilia, no Festival de Mar del Plata e no Festival Internacional de Cinema do Uruguai. 

Sinopse:
Tiros em um baile de black music na periferia de Brasília ferem dois homens, que ficam marcados para sempre. Um terceiro vem do futuro para investigar o acontecido e provar que a culpa é da sociedade repressiva. 

Data: 21/11 – Terça-feira
Horário: 19h
Local: Sala de Leitura Réginaldo Poeta
Direção: Adirley Queirós | Gênero: Drama | Ano: 2015 | Duração: 1h 33min | Classificação: 12 anos

Endereço:
Rua Prudente M Moraes, 302
Vila Adyana São José dos Campos
Cep: 12243-750
Ver Mapa
Telefone:
(12) 3911-7090

E-mail:
contato@pqvicentinaaranha.org.br

Horário de Funcionamneto:
das 05h às 22h

Redes Sociais: